Depressão não é Frescura


A depressão é uma doença séria, que destrói a qualidade de vida e pode matar. Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do IBGE, em 2019, cerca de 8% da população brasileira acima de 18 anos sofria com depressão. Isso dá um total de 16 milhões e 300 mil pessoas, sendo que os mais afetados são as mulheres e os idosos.


É um número alarmante, são muitas pessoas sofrendo com essa doença e, a maioria delas, sem ter o tratamento adequado.


Como saber se uma pessoa está depressiva?


Por ser uma doença silenciosa e "rasteira", que algumas vezes leva meses ou anos para ser identificada, muitas pessoas acabam superando a depressão sem o devido tratamento. A questão é que ela, normalmente, acaba voltando em algum ponto da vida do indivíduo, se ela não é tratada de forma adequada. Quando ela volta, os sintomas podem ser piores.

Por isso, é muito importante ficar atento aos sintomas para entender que talvez alguns dos desconfortos que você esteja experimentando seja, no fundo, depressão:


- Tristeza (Humor deprimido, estar para baixo);

- Desânimo persistente, baixa autoestima, sentimentos de inutilidade;

- Perda de interesse em atividades corriqueiras ou que gostava antes;

- Alterações alimentares, aumento no apetite para algumas pessoas, diminuição para outras e, consequentemente,

- Ganho ou perda de peso;

- Alterações no sono: Insônia, para uns, Dormir em excesso, para outros

- Sentimento de desesperança, sem motivação e sem foco;

- Dificuldades para raciocinar, se concentrar ou tomar decisões;

- Pensamentos de morte ou suicídio;

- Diminuição ou incapacidade de sentir alegria - É como se as coisas perdessem o sabor, a cor, o brilho... a vida passa a ser "preto e branco";

- Sentimentos de medo, insegurança, desespero, desamparo e vazio;

- Diminuição do desejo e do desempenho sexual;

- Dores e outros sintomas físicos sem uma causa aparente, como dores de barriga, azia, má digestão, diarréia, prisão de ventre, gases, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça ou no corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito


Como você pode ver, alguns sintomas variam de pessoa para pessoa. O que determina isso? O estilo de vida, a pressão que enfrenta e outros sintomas que estejam associados. Se uma pessoa sente ansiedade também, provavelmente terá insônia, agitação e aumento no apetite. Por outro lado, se não tem ansiedade, é bem provável que os sintomas sejam todos associados ao desânimo, tristeza e apatia.


Além da doença em si, o que pode ser pior?


Sabe o que considero o pior dado da pesquisa que mencionei acima? É que o preconceito é a maior causa de suicídio e complicações vindas da doença. A maioria das pessoas não conhece ou nao sabe o que é a depressão e ainda tem opiniões muito distorcidas dela. Então, quando alguém pede ajuda para um conhecido ou familiar, o que mais ouve é que depressão é frescura, falta do que fazer, coisa de gente folgada. Por não ter apoio adequado, as pessoas se calam, os sintomas se agravam e o pior pode acontecer.


Se você passa ou já passou por depressão, sabe do que estou falando. É nosso dever ajudar para que essa informação seja disseminada e ajude as pessoas a lidarem com a depressão de forma adequada e superar a doença. Afinal, DEPRESSÃO NÃO É FRESCURA, É UMA DOENÇA QUE TEM TRATAMENTO E CURA!


Como se livrar da Depressão?

O primeiro passo é saber que ela é uma doença. Não se trata de um defeito seu ou culpa sua. Acontece com muita gente. Se aconteceu com você, é sinal que existe algo nas suas emoções e / ou no seu estilo de vida que precisa de mudanças.


O segundo passo é pedir ajuda. Se a sua família ou seus amigos tiverem preconceito e não souberem como te ajudar, procure um médico, um psicólogo, um terapeuta. Você não precisa passar por isso sozinho (a).


O terceiro passo é se libertar dos pesos emocionais que você vem carregando. A principal causa de depressão é um comportamento e uma atitude muito ligada ao passado. Normalmente, pessoas que experimentam depressão ficam presos a situações que aconteceram (ou que deixaram de acontecer) e ficam remoendo aquilo, deixando de viver o presente e caminhar para o futuro. Se não conseguir fazer isso por conta própria, os terapeutas estão aí para te ajudar.


Chega de sofrer com a depressão. Eu estou aqui para te ajudar a viver uma vida leve e sem essa tristeza e esse peso todo que vem carregando aí! Se eu pude vencer, você também pode! Entre em contato para saber como a Hipnoterapia pode te ajudar a se livrar da depressão de uma vez por todas!