"O que você faria se não fosse o medo?"

Essa pergunta faz parte de uma das cenas do livro “Quem mexeu no meu Queijo”, uma lição divertida sobre a vida e as mudanças. Gostaria de conversar contigo hoje sobre o medo e como ele pode estar prejudicando a sua vida, assim como prejudicou a minha vida e a dos personagens desse livro que citei.


Antes de mais nada é importante ressaltar que o medo, assim como a raiva, alegria, dor e outras emoções fazem parte de todos os seres humanos, portanto são essenciais para nossa vida. Não dá pra viver sem medo pois é ele quem nos ajuda a ficar livre dos perigos cotidianos. O problema, no entanto, é quando alguém fica preso nessa emoção. Quando alguém se torna uma pessoa indecisa, insegura e ansiosa porque tem medo de tudo.


Isso acontece, porque nosso subconsciente tem a função primordial de nos proteger daquilo que ele julga perigoso. Muitas vezes, porém, o suposto Perigo é apenas uma criação da nossa mente e acaba mais nos prejudicando do que nos ajudando. Porque não há subdivisões na nossa mente, quando uma emoção domina uma área da vida, ela domina todas as outras. Com isso eu demonstro algumas lições que aprendi refletindo sobre o medo.


1) O que se ganha com o medo?

Como todas as emoções, o medo nunca vem sozinho. Suas maiores “companheiras” são a ansiedade, a frustração e a culpa. Um pessoa dirigida pelo medo vive uma ansiedade muito grande, pois quando olha para o futuro, teme que ele possa ser apenas um reflexo das coisas ruins que aconteceram no passado. Por isso, o dia a dia dessa pessoa se torna uma loucura.


Tudo o que ela faz é para evitar que o objeto do medo aconteça e, consequentemente, acaba se prejudicando ainda mais, principalmente porque, quando faz alguma coisa que dá errado, a frustração e/ou a culpa assumem o comando e dizem “eu não avisei, era melhor não ter feito nada...” e, com isso, a maré de sentimentos negativos vai tomando conta da vida da pessoa.


2) O que se perde sendo dominado pelo medo?

O que as pessoas mais perdem quando o medo toma conta são as Oportunidades e Relacionamentos saudáveis.


Quem tem receio de tomar decisões e, principalmente, de errar, acaba se privando de arriscar, de tentar e, com isso, acaba deixando passar oportunidades muito importantes. Isso é bem visível na área profissional em que o indivíduo perde promoções, chances de maior desenvolvimento por temor de que não seja algo seguro. Como disse acima, um certo medo é bom e faz bem, mas esse sentimento exagerado acaba prejudicando muito no dia a dia. E não somente nessa área, acaba-se perdendo oportunidades de se divertir, de conhecer lugares e pessoas novas, de aprender com os próprios erros e as dores que vem quando as coisas não dão certo.


Outra perda que considero fundamental é nos relacionamentos. Para qualquer tipo de relacionamento é muito importante ter confiança. Alguém dominado pelo medo simplesmente não consegue confiar nos outros, pois normalmente não confia em si mesmo (a). Desta forma, os relacionamentos são superficiais, sempre desconfiando que, mais cedo ou mais tarde, algo ruim vai acontecer ou então o outro vai acabar traindo ou passando a perna nessa pessoa. Ora, se somos seres sociais e se somos feitos para a convivência, neste caso o medo simplesmente tira uma das principais razões da nossa existência.


3)O que o medo diz sobre você?

Se tem algo que aprendi nesses anos de busca pelo autoconhecimento é que o medo distorce a nossa autoimagem. Quando essa emoção atinge níveis nocivos, elas nos impedem de desenvolver crenças possibilitadoras de Identidade, capacidade e merecimento.

Isso quer dizer que a pessoa dominada pelo medo não vai conseguir enxergar quem ela é de verdade (e muito menos demonstrar isso para as pessoas), não vai conseguir expressar o seu máximo potencial e capacidade e muito menos vai conquistar tudo aquilo que ela poderia ter de verdade se ela não tivesse medo.

Em última instância, a vida se torna sem graça e completamente limitada, pois o medo é uma prisão que impede de viver todo e qualquer tipo de abundância.


4) Como se livrar do medo?

Se você me acompanhou até aqui, acredito que já ficou claro quais são os prejuízos que o medo pode estar causando na sua vida. E então fica a pergunta: como eu posso me livrar dessa porcaria de emoção prejudicial? Eu listei aqui 3 possibilidades que fizeram sentido na minha vida e tem me ajudado a viver livre do medo, da ansiedade, da culpa e da frustração.


4.1 – Comece devagar. Não adianta, assim como qualquer mudança na vida, querer mudar tudo de uma vez. Se você vai fazer isso sozinho (a), comece com pequenos passos: assuma pequenos riscos, vai dosando a sua ousadia e vencendo pequenos medos. Se você vive dominada pelo medo, seu subconsciente está trabalhando com a crença de que você é uma pessoa fracassada que não consegue fazer nada direito (ou que não merece ter bons resultados). Então, a cada pequena conquista, você vai ensinando sua mente que isso não é verdade e que você é sim uma pessoa vitoriosa, que é capaz de fazer muito mais e que merece cada uma dessas conquistas.


4.2 – Faça urgentemente mudanças na comunicação verbal (palavras). Corte do seu vocabulário as palavras “eu não consigo”, “é muito difícil”, “e se der errado?” ou algo nesse sentido. Sempre que for se perguntar sobre suas habilidades, capacidades e sobre o futuro, procure um olhar positivo. “Como eu posso fazer para conseguir?”; “Como eu posso deixar isso mais fácil?”, “Onde posso conseguir ajuda para superar esse obstáculo?”, “E se der certo? O que eu vou ganhar?”. Claro que existe uma chance de as coisas darem errado, faz parte da vida. Por isso, basta treinar sua mente para focar no aprendizado a partir dos erros. A vida se torna outra quando isso acontece.


4.3 – Trate o seu Medo! Se sozinho perceber que não consegue superar isso que tem te limitado, busque o quanto antes algum tipo de terapia que faça sentido para você. Isso vai desde terapias holísticas (hoponopono, thetahealing, Heiki dentre outras) à psicoterapia (com psicólogos) ou acompanhamento médico com psiquiatras. Uma terapia que fez MUITO sentido na minha vida e tem me trazido resultados incríveis é a Hipnoterapia. Através do uso da Hipnose é possível regredir à causa de todo esse medo e mudar a sua percepção desse evento, trazendo um novo significado positivo que vai parar de travar a sua vida e te trazer resultados muito mais positivos.

Se quiser saber mais sobre a Hipnoterapia, basta clicar em www.jpcrestani.com/hipnoterapia . Qualquer dúvida a respeito, também estou aqui pra ajudar! Grande abraço.